Produtor Rural, chega de susto!

Você é produtor rural e sua plantação es


tá sofrendo com as chuvas?


Você está preocupado com os custos que teve x a produção que terá?


Se você investiu seu tempo e recursos financeiros em algo que é profundamente relacionado ao impacto do clima, é natural que esteja nervoso e sem dormir. E, se não conhece e não faz o Hedge, mais natural ainda.

Entender essa “ferramenta” que vou explicar agora, como algo que pode te dar o sossego que você quer e te oferecer a previsibilidade na sua gestão de caixa, vai te dar mais condições de trabalhar melhor seu financeiro.


O HEDGE (cerca, em inglês) é uma operação financeira que trabalha para assegurar o qualquer negócio que seja realizado que tenha moedas internacionais como referência de pagamento. Vamos pegar como exemplo, as commodities - milho.


Neste caso, ele sofre impacto de fatores como: Clima, demanda global, políticas de biocombustíveis, limite de plantação das fazendas, fatores macroeconômicos, Política Governamental, doenças, custos de energia, conflitos geopolíticos, reservas de grãos em declínio. Qualquer uma dessas pode fazer o valor do grão subir ou cair.


Ou seja, são muitas informações para acompanhar, isso dificultam a percepção exata da realidade e faz com que o produtor possa passar por situações de desconforto financeiro, com a imprevisibilidade do fluxo de caixa e com os preços de negociação que muitas vezes, reduzem a margem de lucro.


É aí que entra o Hedge. O produtor que utiliza essa “ferramenta” consegue ajustar seu fluxo, com preços acertados. Ou seja, mesmo que todas ou qualquer variável por mais imprevista que seja e que mude drasticamente os rumos do mercado, o seu preço está assegurado. Você conseguirá fazer um planejamento financeiro adequado, possibilitando trabalhar expansões, realocações e planejamento, tendo a chance mais real de fazer sua empresa crescer efetivamente, fugindo do “sobe e desce” inconstante e estressante do mercado.


Você pode pensar: “isso deve custar uma fortuna”. Muito pelo contrário. E, se for pesar o custo x benefício, não tem nem o que pensar.


Sugiro que faça simulações, para perceber o quanto é valoroso.


Nós na Atrio tem uma mesa dedicada para hedear esse ativo e vários outros.



Se esse é um dos seus problemas, ficarei feliz em ajudar a resolver.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo